12 fevereiro, 2006

Entardecer na baía

Acrilico S/T 100x81

14 comentários:

António disse...

E aqui está outro!
Boas cores!

E quando é que fazes a exposição?
A ideia está de lado enquanto se mantiver a situação que perturba o teu viver?

Beijinhos

margusta disse...

Querido António,
...és mesmo um querido...quando vens cá corres a casa toda ..lol..

Pois é enquanto a situação se mantiver é impossivel expôr ,entretanto vou tentando pintar um pouco...mas muito pouco...nem tempo e nem disposição por muito que tente.
Beijinhos.

António disse...

Pois...percebo!

Jokas

I N T E I R O S disse...

Quando forem colocar as vossas poesias, fotos e imagens, sacos encontrados
no momento, coloquem-nos dentro de uma capa de plástico.
Deste modo, o papel ficará protegido da geada nocturna, vulgo cacimba, que
torna o papel molhado, deixando de ser totalmente legível o que se encontra
exposto.

Isabel Magalhães disse...

Quando te visitei no dia do teu aniversário entrei directamente noutro blogue e não tomei conhecimento que tb fazes parte do grupo dos que gostam de passar para a tela o que vêem... ou o que olham. Por vezes, muitas vezes, mais do que gostar é uma necessidade, um alimento para o espírito.

Gostei do teu registo, das cores que usas...

Vamos lá a 'ganhar balanço' e fazer a tal exposição. Esse acto pode ser uma terapia para outros males momentâneos.

Força, Margusta. Vai em frente.

Um abraço.

AmigaTeatro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
AmigaTeatro disse...

hmmm...

Pelo que pude me aperceber, és tu que pintas isto tudo, não é?! :)

Bem, vou dar uma olhadela nos arquivos :D*

Sem Stress disse...

Belas paisagens.
Encantei-me com os teus quadros.

Beijos

Pedro Nobre disse...

Eu adoro o mar, um belo quadro. Quando fizeres uma exposição já sabes comunica...

TMara disse...

estive evndo os teus quadros. Há novos desde a última vez. Adorei a árvore da vida. Absolutamente.Bjs de luz e paz, amiga

antona disse...

felicidades,una bonita obra
Beijos

António disse...

É curioso que só agora reparei que, uns posts atrás, está uma fotografia tua, de belos cabelos loiros caindo pelas costas, a pintar este quadro.
Mas o mais giro é que nessa fase da sua execução ainda havia um sol que depois desapareceu.
Resolveste fixar na tela um momento posterior, com o astro-rei já escondido mas o céu ainda incendiado pelo seu calor.
Estou certo ou estou errado?
Acho que acertei e fico satisfeito por ter percebido essa transformação que se passou na tua cabecinha.

Beijinhos

A Dread disse...

Magnífico amigo só consigo dizer isto fiquei fascinada por este quadro. Beijinhos

Adryka disse...

Olá minha querida amiga, o teu quadro é belo tem umas cores fantásticas, Adorei mesmo fiquei aqui por momentos a apreci´-lo.
Beijinhos