09 fevereiro, 2006

Prisioneiros

Óleo S/T medidas 50x60

Tela escolhida para o desafio de "Letras com Traços" de Paz Kardo ( Ricardo Teixeira) em http://www.letrascomtracos.blogspot.com/


O segredo (3º Desafio)
O segredo que até então estava guardado sobre o dócil tom azul, esconde-se agora sobre uma fina camada de emoções contraditórias, que misturam o cinzento da raiva que lhe toma os sentidos nas horas duras e o verde da esperança que lhe toma o corpo e a alma nas horas em que os sonhos despertam. Sonhos, esses, que podem acender luzes há muito apagadas...

4 comentários:

Cláudia Faro Santos disse...

Prisioneiros de nós próprios, da nossa liberdade, dos caminhos cruzados, das veredas da vida.

Ainda assim, libertamos os nós, e se temos asas é para voar!

(Obrigada pela visita ao meu cantinho)

*

Dae-su Oh disse...

Este quadro lembra-me as criaçoesdo Escher, gostei muito.

http://www.oblogdanalga.blogspot.com/

Galeria Colectiva disse...

gosto, dá que pensar

margusta disse...

Tela postada em "Bufagato's FotoPage" com a minha autorização em 08/10/2005 com o seguinte comentário de Luís Cunha

Este quadro, denominado pela autora de "Prisioneiros", chamou-me a atenção pela alegria que transmite, o berrante das cores entrelaçadas. Cativantes.
Para mim, mais não é do que um Puzle de vida. (O intimo da autora?)
Por mais voltas que se dê, não entra ninguém por não existir porta de entrada, ou não se conseguir vislumbrar a mesma.
Não saem os periquitos prisioneiros (belamente pintados e com requinte) pelo mesmo motivo.
No entanto se atentarem nos mesmos, estes são joviais e alegres, não demonstram estarem prisioneiros. antes pelo contrário, parecem brincar uns com os outros, pulsando vida.
Chamar-lhes-ia "Prisioneiros felizes"

Um belo quadro, que eu não desdenharia em adquirir.

Obrigado à sua autora, Maria Augusta