05 maio, 2007

Mulher flor

Aguarela 24x32 Reservada

Intemporal beleza

Talvez outra escrita
O teu corpo me suscita
Uma outra grafia
Que o tempo desenhou
Em traço tão perfeito
Arabescos de fantasia
Na curva do teu peito.
Assim te moldaram
Caprichosas mãos.
Desconhecida chama
Te foge da retina
E teu corpo debrua
E ilumina
A beleza nua
Que nenhum sonho veste
E que o desejo quer
Perpetuar
Para sempre habitar
No teu corpo de mulher

Albino Santos
(livro Gotas de Luz)

11 comentários:

bom dia isabel disse...

Minha Querida Margusta!

Mais um quadro de uma beleza intemporal!Di-lo o poeta,no seu poema, digo-o eu na minha modesta opinião.Duas obras, duas composições, que estão em sintonia perfeita .Mais uma vez! Um escreve , o outro pinta e daí resulta um conjunto harmonioso que , além de umaa exposição, poderiam , muito bem, dar origem a um livro de rara beleza.
Parabéns, Margusta, pelo teu bom gosto, pelos teus dons de pintora e de poeta também. Já agora, para o Albino Santos, deixo também uma palavra de apreço. Escreve como quem pinta! As suas palavras são telas de cor e magia.
Que o sucesso te acompanhe na vida.
Beijinhos e um abraço apertadinho em ti.

A.S. disse...

A subtileza do traço e das cores e o talento de uma grande artista!
Parabéms Margusta!

Um beijo!

Um Poema disse...

Pode parecer um absurdo, mas nunca experimentei nem pastel nem aguarela.
Será por isso que gosto desta?
É o mistério da técnica?... Quem sabe.

Um abraço

Odele Souza disse...

Margusta,

Bela composição da tela com o poema. Um beijo.

Alex disse...

BELEZA

Quanta beleza M.
Estou a adorar esta partilha entre a pintora e o poeta.
Uma bela união.

MiaHari disse...

Olá Margusta,

Lindo poema para acompanhar este belo quadro...
Beijinho para ti, resto de boa semana.

Isabel disse...

Bonita simbiose.
Parabéns pelo talento.

Bjt

irneh disse...

Descobri hoje este teu blog e fiquei tão encantada que o coloquei logo como um dos meus locais preferidos. De facto, revelas uma grande criatividade. Também comecei a "tentar" pintar há uns meses, para ver se consigo alguns momentos que me permitam aliviar um sentimento de perda que não me tem deixado ultimamente. Continua, porque merece a pena.

Ema Pires disse...

Grande talento, parece o trabalho de alguém com uma sensibilidade a flor de pele.
Passei pelo seu blogue e gostei muito. Voltarei.
Beijinhos

Papoila disse...

Margusta
Ainda ando descobrindo os cantos.
Hoje descobri esta tua outra vertente com a qual fiquei de boca aberta...

Lindo...Lindo

Beijos

TMara disse...

Amiga, gostaria k em cedesses imagem, deste teu quadro e do de bx. Apetec-me colocar-lhes algumas palavras. Pode ser?
Bjocas

P.S - tens evoluído imenso no domínio das técnicas e refinação do traço. Parabéns